Polícia encontra corpo de jovem desaparecida
02/11/2017 - 20h36 em Região

Corpo de Kelly Cadamuro estava em uma área rural próxima a uma usina, entre Frutal e Itapagipe

 

Kelly Cadamuro desapareceu na noite de quarta-feira, dia 1°, após dar carona a um rapaz

A Polícia Militar localizou na tarde desta quinta-feira, 2, o corpo da vendedora Kelly Cadamuro, 22 anos, em uma área rural próximo a uma usina entre Itapagipe e Frutal. A perícia foi acionada para comparecer ao local.

De acordo com o major Ivanildo Gomes dos Santos, comandante da 4ª companhia da Polícia Militar em Frutal, Kelly foi encontrada seminua às margens de um córrego. "Agora estamos mobilizados, junto à Polícia Militar do Estado de São Paulo, nas buscas pelo autor desse crime", afirmou.

A jovem estava desaparecida desde a noite de quarta-feira, 1º, quando saiu em viagem de Rio Preto para Itapagipe, para visitar o namorado, o engenheiro civil Marcos Antônio da Silva. O carro dela foi encontrado depenado na manhã desta quinta-feira entre as cidades de Mirassol e Mirassolândia.

Kelly participava de um grupo de caronas entre pessoas que viajam de Rio Preto a Itapagipe. Na última quarta-feira, iria dividir os gastos da viagem com um rapaz que teria conhecido nesse grupo. De acordo com a família, ela pegaria o rapaz próximo à Praça Cívica, em Rio Preto, e seguiria para a cidade mineira.

O último contato da vendedora com a família foi às 19h de quarta, quando parou para abastecer o carro em um posto de combustíveis próximo a Nova Granada. Desde então, não estabeleceu mais nenhum contato com familiares.

Imagens gravadas pelo circuito interno de uma praça de pedágio em Fronteira (MG) mostram o momento em que Kelly passa com o carro sentido a Minas Gerais. Mais tarde, o carro volta, desta vez sem a vendedora e com um homem dirigindo.

 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!