Artesp autoriza e passagens de ônibus vão subir no dia 2
30/12/2017 - 14h49 em Região

Índice de aumento é de 3,59% para linhas suburbanas e intermunicipais

Quem ainda não comprou as passagens intermunicipais de volta para casa após as festas de fim de ano é melhor antecipar a compra, pois a partir do dia 2 de janeiro o preço ficará mais caro.

A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) autorizou reajuste de 3,32% sobre o preço das passagens das linhas suburbanas e nas rodoviárias do Sistema de Transporte Intermunicipal de Passageiros do Estado de São Paulo.

O último reajuste das passagens foi em julho de 2016, quando os preços subiram cerca de 9,56%. Dessa vez, o índice é menor que a inflação (IPC-A), que no período considerado para o cálculo fechou em 3,59%.

Passageiros que comprarem o bilhete antes da data vão pagar o preço atual - ou seja, sem o aumento -, mesmo que a data da viagem seja já em 2018.

Levantamento

O Diário questionou empresas que fazem linhas suburbanas e intermunicipais na região de Rio Preto sobre qual seria o novo valor das passagens. Até o fechamento desta edição apenas a Pevê-Tur informou qual seria o reajuste.

Com o aumento, passagens para Bady Bassitt e Ipiguá subirão de R$ 3,85 para R$ 4. Para Mirassolândia, o valor do bilhete sobe de R$ 4,75 para R$ 4,90, enquanto em Nova Aliança a tarifa passa de R$ 4,55 para R$ 4,70.

Questionadas, a Itamarati, a Viação Cometa e a Levare não responderam quais serão os valores do reajuste.

Se aplicar o valor do reajuste às suas tarifas, a Viação Cometa passará a cobrar R$ 115,92 para viagens com destino a São Paulo - atualmente a passagem custa R$ 112,20. Já a Levare elevará o bilhete de R$ 199 a R$ 205,60. Se também mantiver o índice, a Itamarati passa o valor de R$ 118,50 para R$ 122,75.

 

COMENTÁRIOS