Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

fix_conexao-jovem
No comando: Conexão Jovem

Das 11:00 às 12:00

21433221_1160179574117051_6621931202814648696_n
No comando: Balada Sertaneja

Das 18:00 às 20:00

55549621_2189131324502188_8632474550849765376_n
No comando: Batidão da Clube

Das 21:00 às 22:00

19260740_1100315043436838_6233774128744500953_n
No comando: Clube Hits Retro

Das 22:00 às 00:00

TRÁFICO: Mãe e padrasto entregam menino de 13 anos na delegacia após ameaça de morte em Araçatuba

Compartilhe:
7-menor

Uma dona de casa de 35 anos e o companheiro dela, um construtor de 42, foram até a delegacia na manhã deste domingo levando o adolescente de 13 anos, filho dela, que fazia ameaças de morte contra o casal, que tenta, sem sucesso, tirar o menino do “mundo do tráfico”, no bairro Porto Real 1, em Araçatuba.

O drama da família em ver o menino, que está entrando na adolescência, se perder no mundo do tráfico vem gerando desentendimento entre o casal e o garoto. O padrasto conta que eles moram no bairro Porto Real 2, e descobriram que o menino vai diariamente ao Porto Real 1, onde estaria atuando a serviço do tráfico.

A família é contra e teme que o garoto entre com drogas em casa. Ele sempre foi repreendido ao chegar com objetos de procedência duvidosa. A família também tenta a todo custo segura o menino em casa, mas já perdeu o controle sobre o jovem, que agora, ao ver sua carreira no tráfico ameaçada, passou a ameaçar o mãe e padrasto de morte.

Na última sexta-feira os pais foram informados pela escola onde o jovem estuda, que ele foi impedido de permanecer na sala de aula porque estava promovendo desordens. Temendo as ameaças de morte que o menino começou a fazer contra o casal, inclusive afirmando que tem um revólver que está escondido, decidiram levar o menino à delegacia, até porque, ele passa maior parte do tempo na rua.

Na manhã deste domingo o padrasto foi ao encontro do jovem e disse que iriam ter que fazer uma viagem e que ele teria que ir junto. Foi um argumento para leva-lo à delegacia. Chegando na unidade policial, o jovem afirmou aos policiais civis, inclusive na presença do delegado plantonista, que irá matar o mãe e o padrasto.

A autoridade policial, vendo a agressividade e descontrole sobre o garoto, fez a apreensão do menor, que ficou à disposição da Justiça.

Deixe sua opinião

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

Últimos eventos